1 / 13

"WAGÔH PAKOB" SPANISH VIVENCIA PAITER NA FLORESTA

Tent
hosted by Wagõh Pakob
  1. 7 guests
  2. 1 bed
  3. 2 baths
Furry friends welcome
Bring your pets along for the stay.

AirCover

Every booking includes free protection from Host cancellations, listing inaccuracies, and other issues like trouble checking in.
Some info has been automatically translated.
For those who travel throughout Brazil in search of unique experiences of communion with nature, in the Brazilian state of Rondônia, in the Brazilian Amazon, the Paiter indigenous people (also known as Suruí) offer paradisiacal itineraries at their Paiter Wagôh Pakob Indigenous Cultural Center, in the heart of the Amazon rainforest.

The space
Visitors are always invited to immerse themselves in the vast and fascinating world of a small indigenous community of 200 people, including adults, young people and children. This is a unique opportunity to learn about Paiter culture, and to engage in the movement of this brave indigenous people in defense of the quality of life of forest peoples and a world of peace for all human beings.

Where you'll sleep

Common space
5 hammocks

What this place offers

Waterfront
Kitchen
Pets allowed
Breakfast
Smoking allowed
Unavailable: Carbon monoxide alarm
Unavailable: Smoke alarm

Where you’ll be

State of Rondônia, Brazil

Located about 450 km from the capital of Rondônia, Porto Velho, and 40 km from the city of Cacoal, about 1 km from the Paiter Indigenous Village Line 9, which is one of the 27 villages in the Indigenous Land September 7, the Wagôh Pakob, which Paiter language means the “force of the forest”, inaugurated on November 22, 2016,

Select check-in date

Add your travel dates for exact pricing

No reviews (yet)

We’re here to help your trip go smoothly. Every reservation is covered by Airbnb’s Guest Refund Policy.

Hosted by Wagõh Pakob

Joined in August 2017
    Pra quem se desloca por esse Brasil afora em busca de experiências únicas de comunhão com a natureza, no estado brasileiro de Rondônia, na Amazônia brasileira, o povo indígena Paiter (também conhecido como Suruí) oferece roteiros paradisíacos em seu Centro Cultural Indígena Paiter Wagôh Pakob.
    Localizado a cerca de 450 km da capital de Rondônia, Porto Velho, e a 40 km da cidade de Cacoal, a cerca de 1 km da Aldeia Indígena Paiter Linha 9, que é uma das 27 aldeias existentes na Terra Indígena 7 de Setembro, o Wagôh Pakob, que língua Paiter significa a “força da floresta”, inaugurado em 22 de novembro de 2016, oferece a oportunidade única de um dia de vivência em uma aldeia indígena, no coração da floresta amazônica.
    Ali, sob o olhar atento do turismólogo indígena Gasodá Suruí, coordenador cultural da Aldeia e fundador do Wagôh Pakob, do qual é coordenador juntamente com a comunidade da Aldeia Paiter, quem chega de visita recebe sempre o convite para se imergir no vasto e fascinante mundo de uma pequena comunidade indígena de 200 pessoas, entre adultos, jovens e crianças. Essa é uma oportunidade única para conhecer sobre a a cultura Paiter, e para se engajar no movimento desse bravo povo indígena em defesa da qualidade de vida dos povos da floresta e de um mundo de paz para todos os seres humanos.
    Em seu dia-a-dia, o Wagôh Pakob serve como um espaço de repasse de informações dos conhecimentos tradicionais dos mais velhos para os mais novos, para a valorização e preservação da cultura tradicional Paiter, e um local de intercâmbio entre povos indígenas e não-indígenas.
    Pra quem se desloca por esse Brasil afora em busca de experiências únicas de comunhão com a natureza, no estado brasileiro de Rondônia, na Amazônia brasileira, o povo indígena Pait…
      To protect your payment, never transfer money or communicate outside of the Airbnb website or app.